Publicações

Ampliar texto

Catálogo Exposição Escultores Mineiros | 26/07/2011

Dos três escultores mineiros que mostramos nesta exposição, Artur Pereira, GTO e Jadir João Egídio, somente o último está vivo e trabalhando. Jadir é conterrâneo, da cidade de Divinópolis, do GTO – Geraldo Telles de Oliveira. O único deles que tive o privilégio de conhecer foi o Artur Pereira, de Cachoeira do Brumado. Foi em uma deliciosa viagem que fiz no final dos anos 80 com meu sócio à época, querido amigo e mestre, Paulo Vasconcellos, com quem tive minha primeira galeria de arte. Fizemos naquele momento uma importante mostra do seu Artur, escultor predileto de outro escultor mineiro, Amilcar de Castro. Como não poderia deixar de ser, foi um grande sucesso! Mais recentemente, em 2009 e 2010, o Instituto Moreira Salles organizou uma exposição individual do mesmo seu Artur – itinerante, com a curadoria do crítico e professor de história da arte Rodrigo Naves. Acompanhei a mostra em alguns lugares e testemunhei a admiração e a frustração do público por não poder adquirir peças expostas. Foi quando tive a ideia de mostrar os três artistas em uma exposição comercial, desta vez com a curadoria da Taisa Palhares, uma das curadoras da Pinacoteca do Estado de São Paulo.
Sobre o GTO, não tenho ideia de quando e onde foi feita sua última exposição. Já que sou apaixonada também pelo trabalho dele e vou comprando todas as melhores esculturas que caem nas minhas mãos, senti que a oportunidade de mostrar os três artistas juntos seria mais do que adequada.
O Jadir teve em 2010 uma mostra em uma galeria paulistana. As obras desse grande escultor mostradas aqui são na maioria dos anos 70 e 80, e pertenceram à importante colecionadora mineira Celma de Albuquerque, a quem agradeço por, já naquela época, enxergar, colecionar e divulgar a obra desses ícones da escultura popular mineira.

Vilma Eid




Galeria Estação
Instagram