Publicações

Ampliar texto

Catálogo "Mirian Inêz da Silva | Pinturas e Gravuras" | 10/02/2015

Conheci seu trabalho na década de 80. Sempre me referi a ela como Mirian. Só sentia que o trabalho me fascinava, emocionava! A temática, as cores, ora a sensualidade, ora a leveza, tudo prendia a minha respiração e me fazia perseguir as pinturas nos leilões quando apareciam à venda.
Comecei a juntá-las aos poucos e na medida do possível. Nunca foi muito fácil encontrá-las disponíveis. Cheguei a ter muitas, e as mostrava com orgulho às pessoas sensíveis e preparadas para enxergar.
Só não queria vender. Foram muitas saias justas... Havia pessoas que também se encantavam com as obras, e eu pedia desculpas e dizia: “Não estão à venda. Estou guardando para uma exposição”. E o dia da exposição nunca chegava. O problema era o meu ciúme! Percebi que gostaria de tê-las todas para mim, trancadas em casa ou na galeria, mas fora de olhares de cobiça. É demais, não é? Uma galerista que não quer vender... Às vezes as pessoas acham que é marketing de venda e não é. Quem me conhece bem sabe que não é mesmo.
Sosseguei um pouco quando, em 2013, mudei para um espaçoso apartamento e para lá levei minha coleção particular. Da Mirian montei uma parede inteira. Acho que são umas 25 ou 30 obras, que são apreciadas por quem frequenta a minha casa. Vocês acham muitas? Conheço colecionadores que têm 50, 80, até 100... Que inveja!

Mas agora achei que não dava mais para deixá-la fora do alcance do grande público. Ela merece ser conhecida, apreciada, andar de casa em casa e percorrer outras paredes de pessoas que também se alegrarão convivendo com a sua pintura.
O Miguel Chaia, nosso curador convidado, era um dos que não a conheciam. Viu-a na minha casa e apaixonou-se. O texto dele é o primeiro que conheço a dar luz ao trabalho da Mirian, ao fazer uma análise da sua obra.
Espero que vocês concordem comigo e curtam tanto quanto eu.

Vilma Eid

Mirian Inês da Silva
Curador: Miguel Chaia
Abertura: 05 de março, às 19h (convidados)
Período da exposição: De 06 de março a 30 de abril 2015, de segunda a sexta, das 11h às 19h, sábados das 11h às 15h - entrada franca.







Galeria Estação
Instagram