A+ A-

Release

Primeira exposição celebrada na Espanha sobre Lina Bo Bardi (Roma 1914 - São Paulo 1992), formada em arquitetura na Itália nos anos 30, chega ao Brasil em 1946 acompanhada de seu marido, o critico e colecionar de arte Pietro Maria Bardi.Lina se entusiasmou pelo seu novo país com um dinamismo multifacetado como arquiteta, museologa, desenhista, escritora, ativista cultural e realizadora de exposições, trabalhando sempre com a modernidade e tradição sendo vanguardista nos costumes populares, reconhecendo a individualidade dos artistas modernos e do trabalho coletivo do povo. A exposição se apresenta em continuidade da mostra que a Fundação Juan Marchi, apresentou sobre Tarsila do Amaral em 2009, a mostra apresenta um Brasil do anos 20 e 30. Lina Bo Bardi compartilhou as inquietudes sociais de Tarsila do Amaral e lutou por dar respostas atraves da arquitetura, objetos e ações coletivas que rodeiam suas obras. O objetivo da exposição Lina Bo Bardi - Túpi or not Túpi, Brasil 1946-1992 é apresentar a Lina atraves dos tres lugares mais notavéis de sua geografia (São Paulo, Salvador e o Nordeste Brasileiro), e contar, atraves de sua obra e de alguns de seus contemporanêos, o panorama artistico e cultura do Brasil da segunda metade do século XX.