Artista

Ex-votos

S/T
Ex votos
Cabeças
Painel 1
Painel 2
Pés
Corpos
Mãos

Ampliar texto

Biografia

No Brasil, há uma vasta série de artefatos que são confeccionados e absorvidos por um mesmo segmento da população regional ou vicinal. Todos ali detêm um conhecimento compartilhado do seu significado. Estão neste caso os ex-votos ou “milagres” do sertão nordestino, modelados secularmente em barro ou esculpidos em madeira, expressão de fé pela graça recebida de um santo católico. Faz-se a promessa, o voto. Atendido o pedido, cumpre-se a obrigação de dar testemunho do “milagre”, o ex-voto, que pode assumir infinitas modalidades. Em geral é no quadro da romaria que o pagador de promessa cumpre seu voto. Verifica-se a ação institucional da Igreja católica como organizadora das cerimônias formais que tradicionalmente constituem parte essencial desses ritos (missas, novenas, confissões, comunhões). Ao lado delas, porém, há os módulos de representação próprios do povo comum, que geralmente assumem a forma de comunicação direta com o santo padroeiro, sem a intermediação do sacerdote. No Nordeste, dão testemunho disso as inumeráveis cartas escritas ao santo e colocadas na igreja de sua invocação e o pagamento de promessas de diversa ordem, como o carregar de pedras na cabeça no acompanhamento da via-sacra e de procissões, o cumprimento de obrigações sob a forma de músicas cantadas na Sala dos Milagres, de corte de cabelo, de vestição e entrega de “mortalhas” (hábitos de santos), bem como figuras esculpidas em barro ou madeira. E ainda a entrega de fotografias, jóias, espigas de milho, cabelos, óculos, cadeiras de rodas, muletas, diplomas de formatura, livros escolares, peças de renda, cartas, flores, navios, placas com inscrições, mamadeiras, velas, vestidos de noiva, grandes cruzes de peregrinação, enfim, uma variedade inesgotável de objetos que corresponde à multiplicidade das situações vividas pelos ofertantes. Caminhando a pé enormes distâncias ou transportados em caminhão, romeiro de ambos os sexos e todas as idades muitas vezes fazem retratar por fotógrafos que seguem o roteiro das peregrinações para possibilitar aos fiéis a oferta ao santo, também como ex-voto, da foto que, no Sudeste do país, já substituiu praticamente o “milagre” pintado ou esculpido, juntamente com objetos de cera, moldados em série, reproduzindo partes do corpo humano.

Pequeno Dicionário do Povo Brasileiro, século XX | Lélia Coelho Frota – Aeroplano, 2005




Galeria Estação
Instagram